Make your own free website on Tripod.com
 
     
 

Sexta-feira, Junho 28, 2002

 
Já que o clima é de decisão de Copa, recordar é viver:

As seleções brasileiras campeãs do mundo, por ordem de qualidade:

1 – 1970
2 – 1958
3 – 1962
4 – 1994

As piores desclassificações do Brasil na história, por ordem de dramaticidade:

1 – 1950
2 – 1982
3 – 1998
4 – 1978
5 – 1986
6 – 1990
7 – 1966
8 – 1974
9 – 1954
10 - 1938
11 - 1930
12 - 1934


Quinta-feira, Junho 27, 2002

 
Mulheres que sofrem de depressão, uma ótima notíca para vocês: eu, como sou um cara bonzinho e de bom coração, me disponho, desde já, a colaborar para ajudá-las a solucionar seu problema.


Terça-feira, Junho 25, 2002

 
Boas novas trazidas por uma amiga que trabalha na Rede Globo: estão finalizando a produção de uma série de DVDs que reunirá os principais momentos do melhor programa da televisão brasileira de todos os tempos, o finado TV Pirata.

Portanto, poderemos rever, em breve, clássicos como “TV Macho”, “O Morro do Macaco Molhado”, “Fogo no Rabo”, “As Presidiárias” e “Casal Telejornal”, além de personagens inesquecíveis como Barbosa, Zeca Bordoada, Índio Cléverson, Tonhão, Agronopoulos, Reginaldo, entre tantos outros. Só espero que os caras tenham bom senso e, de fato, escolham os melhores momentos do programa (especialmente os da primeira fase, com o elenco original).

Assim, aproveitando o fato, como homenagem ao TV Pirata, e já entrando no clima de nostalgia, segue o tema de abertura do programa. E, para que a gringalhada que eventualmente acessa este blog não fique perdida, segue também a respectiva tradução, para o inglês, do mesmo:

TV PIRATA - TEMA DE ABERTURA

Socorro, nêgo tá latindo pra economizar cachorro
Vendeu a própria mãe
Sem discutir o preço
O mundo vai acabar (e isso é só o começo)

É fim de festa
Quem não quer dar empresta
Solta a franga
Senta que o leão é manso
Já que o pato não vem
O lance é afogar o ganso

Tá pagando mico
Manda tudo pro espaço
Melhor armar o circo
Pra descabelar o palhaço...

PIRATE TV - OPENING THEME

Help, black dude is barking to save dog
Sold his own mother
Without haggling the price
The world is gonna end (and this is just the beginning)

It's end of the party
Who don't want to give must lend
Release the chicken
Sit that the lion is tamed
Since the duck is not coming
The deal is to drown the goose

It is paying little monkey
Send everything to space
Better set up the circus
To dishevel the clown’s hair...


Sábado, Junho 22, 2002

 
Preciso desestressar. Acho que vou começar a fazer Yoga.


Sexta-feira, Junho 21, 2002

 
Ordem de qualidade dos sanduíches do McDonald’s da Copa do Mundo:

1 - McEUA
2 - McItália
3 - McArábia
4 - McBrasil
5 - McAlemanha
6 - McJapão
7 - McFrança

Ou seja, vai desde sanduíches decentes, como o McEUA e o McItália, até joças completas, como o McJapão e o McFrança. Tsc, tsc, tsc......só a porra do McDonald’s mesmo para colocar os EUA na frente da França, ainda mais em termos de culinária.

Opa, como assim, culinária e McDonald’s??? Do que estou falando? Desculpem-me, viajei. Culinária e McDonald's definitivamente não têm nada a ver.


Quarta-feira, Junho 19, 2002

 
Tudo bem que criatividade, inovação e brilhantismo não são características muito comuns a publicitários em geral, mas será que eles não poderiam fazer uma forcinha e alterar um pouco as campanhas publicitárias em época de Copa do Mundo?

Sinceramente, esses anúncios com trocadilhos imbecis como “dê cartão vermelho para os preços altos”, “uma goleada de prêmios para você”, “driblamos a concorrência”, “craque em atendimento”, “campeão em preços baixos”, entre tantos outros, já deram o que tinham que dar há muito tempo.


Terça-feira, Junho 18, 2002

 
O Américo fez um post muito bom sobre diversos tipos de observadores de expressões artísticas. Não obstante, por inspiração deste blog, segundo ele, foi usada como exemplo prático a principal forme de arte existente: a arte culinária. Vale a pena ler.

O difícil, porém, é se enquadrar em um dos tipos descritos. Eu, pessoalmente, não me encaixei em nenhum deles com exatidão. Ainda bem, pois os tipos descritos são esteriótipos extremos, e o ideal é justamente não ser nenhum deles, mas sim um misto equilibrado de todos, ou de nenhum. Entretanto, de todos eles, reconheço que me aproximo mais do formalista. É que admito que costumo ser chato pra caralho mesmo.


 
Que merda! Depois do Napster e seus correlatos, agora até o Audiogalaxy foi completamente subjugado pela porra da RIAA. Não dá para baixar mais nenhuma música, nem sequer os hits do "Atrás da Sua Mãe". Fiquei sem opção. Aquela droga de Kazaa só tem música mainstream. E agora, como farei para manter meu ecletismo/bizarrismo musical? Alguma sugestão?


 
O que está acontecendo? Dentre as oito seleções finalistas da Copa estão Turquia (?), Senegal (??), Coréia (???) e EUA (????). Já não sei mais o que colocar no bolão. Só faltava o Japão ser um dos finalistas também, aí poderia parar tudo e começar de novo, que alguma coisa estaria muito errada. Bom, pelo menos isso...


Sábado, Junho 15, 2002

 
Após uma criativa noitada no DJ´s Club, e por sugestão de Master Nishizaki, segue a tradução de Aqualung, do Jethro Tull.

ROUPA DE MERGULHO*
(Ian Anderson)

Sentado num banco de parque
Olhando menininhas com má intenção
Ranho escorrendo do nariz
Dedos gordurosos manchando roupas esfarrapadas
Roupa de Mergulho...

Secando no sol gelado
Observando enquanto calcinhas enfeitadas correm
Sentindo-se como um pato morto
Cuspindo pedaços de sua sorte quebrada
Roupa de Mergulho...

O sol ilumina friamente
Um homem velho que vaga solitário
Passando o tempo do único jeito que ele conhece

A perna dói bastante
Quando ele se abaixa para pegar uma bituca
Vai até o lamaçal para esquentar os pés

Sentindo-se sozinho
O exército vem vindo
Salvação à moda da xícara de chá

Roupa de Mergulho, meu amigo
Não se faça de difícil
Seu velhaco, veja que sou apenas eu.

Você ainda se lembra
Que a neblina de dezembro congela
Quando o gelo toma a sua barba, grita em agonia
E você solta seus últimos suspiros vacilantes
Tal qual o som de mergulhadores no fundo do mar
E as flores se abrem como loucura na primavera.

*Aqualung é o nome do mendigo ao qual a música se refere. Para nós, seu nome é Roupa de Mergulho.


Sexta-feira, Junho 14, 2002

 
Apesar de alguns percalços, trabalhar na Avenida Paulista, ao lado do Parque Trianon e quase em frente ao MASP, até que é legal. Especialmente quando é dia de manifestação. Sabe como é: muvuca, via de regra, é divertida.

Claro, há sempre manifestações mais interessantes que outras. Tem umas mais festivas, outras mais carrancudas, outras mais organizadas, outras mais discretas, outras mais coloridas etc.

Mas nem tudo é alegria. Além do evidente problema de foder o trânsito na cidade inteira, outra coisa meio chata das manifestações, especialmente das mais recentes, é a falta de criatividade. Sinceramente, não agüento mais ouvir o refrão: “Fora já, fora já daqui, o FHC e o FMI”.

Sei lá, poderiam inventar uns bordões novos. Na minha época de cara–pintada, por exemplo, éramos muito mais criativos. Não se ouve nada parecido, hoje em dia, com “Rosane, sua galinha, é o PC que tá pagando sua calcinha!”, ou “Rosane, vaca leiteira, roubou o leite da criança brasileira!”.

Por falar em manifestação, neste momento, por exemplo, está ocorrendo mais uma manifestação aqui na Paulista, no vão livre do MASP. Pelo que dá ver daqui da janela de meu escritório, trata-se da manifestação de um tal “Centro dos Movimentos Comunitários”, ou algo do gênero. Interessante. Parar variar, as cores são predominantemente vermelhas. E, também para variar, gritam: “Fora já, fora já daqui, o FHC e o FMI”. Saco.

Entretanto, há algo que chama a atenção neste protesto. Curiosamente, não dá para saber do que especificamente eles estão se queixando, além, claro, do FHC e do FMI.

Sem brincadeira, vejo cartazes contra o FMI, contra a ALCA, a favor do aborto, pedindo mais moradia, saúde e habitação, contra a globalização, pedindo aumento para os funcionários públicos, pedindo quotas para negros em universidades, contra o FHC, pedindo a retirada de Israel dos territórios palestinos, pedindo a condenação dos policias de Eldorado de Carajás, contra o capital privado e empresas multinacionais, contra transgênicos......céus....

Ok, muitas das reivindicações acima são justas e têm o meu apoio, mas será eles poderiam um pouco mais objetivos?

Sugiro que eles combinem previamente sobre o que vão reclamar, até para não perder o foco. Poderiam conversar, antes de sair de casa:

“E aí, sobre o que a gente vai fazer manifestação hoje?”

“Ah, sei lá, hoje estava pensando em reclamar contra a falta de emprego”

“Hum.........pode ser.....mas a gente não reclamou disso semana passada?”

“Putz, é verdade........que tal uma manifestação contra o capitalismo então?”

“Contra o capitalismo? Bom, depende, você está pensando em protestar contra o capitalismo enquanto sistema econômico e social baseado na propriedade privada dos meios de produção ou contra o capitalismo enquanto instrumento de dominação da burguesia sobre o proletariado através da exploração do trabalho pelo capital?”

“Não sei......não dá pra ser os dois?”

“Sei não..... seria melhor ser específico, não?”

“É verdade, deixa pra lá, então......”

“Já, sei! Porque não nos manifestamos contra um tema atual, que esteja comovendo a população e que cause grande repercussão!”

“Grande idéia, mas sobre o que"?

"Não sei, pega lá o jornal, para ver se nos dá alguma idéia”

“Boa! Deixa eu ver......tá dizendo aqui que o Brasil se classificou para a segunda fase da Copa do Mundo....”

“É isso! Vamos nos manifestar contra a Copa do Mundo! Afinal de contas, futebol é o ópio do povo, é um instrumento de subjugação das classes trabalhadoras às elites dominates, cujo único intuito é alienar a população dos reais problemas que afligem a nação!”

“Exato! Inclusive a gente poderia aproveitar e pedir pro Felipão voltar pro 4-4-2, porque não dá pra seleção jogar com 3 zagueiros, ainda mais sendo um deles o Roquer Jr.!”

“Tem razão, vamos lá, companheiro!”

“ACORDA FELIPÃO, ESSA DEFESA VAI AFUNDAR A SELEÇÃO!!!”....

Nesse protesto, acho que até eu iria....


Quarta-feira, Junho 12, 2002

 
"Grandes Bandas" que, por um ou outro motivo, eu NUNCA engoli:

- Van Halen
- Kiss
- U2
- Iron Maiden
- Bon Jovi
- Aerosmith
- Emerson, Lake and Palmer
- Genesis
- Dream Theather
- Whitesnake
- Legião Urbana


Terça-feira, Junho 11, 2002

 
Putz, chegaram neste blog procurando por "tradução she´s leaving home beatles". Saco....tá vou ser legal novamente. Mas depois chega, senão vira palhaçada, e este blog vai se tornar point de tradução de letras dos Beatles. Então aí vai a tradução da 20ª melhor música dos "quatro rapazes de Liverpool" (puta alcunha brega):

ELA ESTÁ SAINDO DE CASA

Quarta de manhã, às cinco da matina, enquanto o dia começa
Ela fecha silenciosamente a porta de seu quarto
Deixa o recado que ela espera que diga mais coisas
Ela desce as escadas até a cozinha apertando seu lenço
Gira em silêncio a chave da porta dos fundos
Pisa do lado de fora, ela está livre

Ela (nós a demos a maior parte de nossas vidas)
Está saindo (sacrificamos a maior parte de nossas vidas)
De casa (nós a demos tudo que o dinheiro poderia comprar)

Ela está saindo de casa após viver sozinha
Por tantos anos, tchau, tchau

O Pai ronca enquanto sua esposa entra no closet
Pega a carta que ali se encontra
Sozinha, de pé, no alto das escadas
Ela se desespera e chora pro marido
Papai, nosso bebê foi embora
Porque ela nos trataria de modo tão sem consideração?
Como que ela pôde fazer isso comigo?

Ela (nós nunca pensamos em nós mesmos)
Está saindo (nunca sequer um pensamento em nós mesmos)
De casa (nós ralamos a vida inteira para conseguir)

Ela está saindo de casa após viver sozinha
Por tantos anos, tchau, tchau.

Sexta de manhã, às nove horas, ela está bem longe
Esperando comparecer ao encontro que ela marcara
Encontrando um sujeito do feirão de automóveis

Ela (o que nós fizemos de errado?)
Está tendo (nós não sabíamos que isto era errado)
Diversão (diversão é aquilo que dinheiro não pode comprar)

Algo interno que sempre foi negado
Por tanto tempo, tchau, tchau
Ela está saindo de casa, tchau, tchau…


Domingo, Junho 09, 2002

 
Chegaram neste blog procurando por "tradução de ticket to ride".

Infelizmente, o internauta não conseguiu o que queria (pelo menos não neste blog).

Mas, como hoje acordei bonzinho, e como aprendi algumas palavras em inglês enquanto laçava gado em Oklahoma, resolvi ser legal e traduzirei, para o sujeito, a melhor música dos Beatles de todos os tempos (vide post de 02/04):


PASSAGEM PRA DAR UM ROLÊ

(John Lennon e Paul McCartney)

Eu acho que vou ficar triste, eu acho que é hoje, sim
A mina que tá me deixando louco está caindo fora
Ela tem uma passagem pra dar um rolê
Ela tem uma passagem pra dar um rolê, ê, ê
Ela tem uma passagem pra dar um rolê,
Mas não tá nem aí

Ela disse que viver comigo está deixando-a deprê, sim
Ela nunca seria livre enquanto eu estivesse por perto
Ela tem uma passagem pra dar um rolê,
Ela tem uma passagem pra dar um rolê, ê, ê
Ela tem uma passagem pra dar um rolê,
Mas não tá nem aí

Eu nem sei porque ela está viajando tanto
Ela deveria pensar duas vezes
Deveria ser justa comigo
Antes de vir dizer adeus
Ela deveria pensar duas vezes
Deveria ser justa comigo

(BIS)

Minha mina não tá nem aí,
Minha mina não tá nem aí,
Minha mina não tá nem aí,
Minha mina não tá nem aí......


Sexta-feira, Junho 07, 2002

 
Não poderia deixar passar o acontecimento em branco: O Celacanto, blog do querido amigo Barizon e do querido ex-professor de arte, diretor de teatro e mentor intelectual Alê Bender, depois de um período de hibernação, voltou a todo vapor. Para quem não sabe, o Celacanto faz uma engraçadíssima compilação de notícias bizarras que saem na imprensa mundial.

Da mesma, se você quiser notícias que, de tão boas, também são bizarras, não deixe de ir ao Mundo Perfeito da Dani, que, embora seja furona (e aquele Empanadas, hein?), faz um trabalho genial.

Vale a pena conferir ambos diariamente.


Quarta-feira, Junho 05, 2002

 
Antes de tudo, é preciso deixar claro que, ao contrário do que pensam alguns, futebol é algo extremamente hype, cult, indie, cool, moderno, pop e afins. Qualquer dúdvida, basta perguntar ao Nick Hornby. Tendo isso em vista, tem-se que nada é mais hype, cult, indie, cool, moderno ou pop do que a Copa do Mundo, o momento máximo do referido futebol.

Portanto, como este blog é hype, cult, indie, cool, moderno e pop, vamos falar justamente de Copa do Mundo.

E, para ir direto ao assunto, eis as conclusões que podem ser tiradas após a estréia, na Copa, do esquadrão canarinho, da personificação em forma de time da rodriguiana “Pátria de Chuteiras”, ou seja, da seleção brasileira de futebol:

1 – A zaga é uma bosta. Ok, isso não é surpresa nem novidade, a conclusão é óbvia. Mas a zaga é, de fato, uma bosta. Muito bosta. Bosta infinita. É, sem dúvida, pior zaga da seleção brasileira na história de todas as copas do mundo.

E o pior de tudo é que, apesar de serem podres, todos os zagueiros-cocôs, sem exceção, acham que são craques. Estão, ao invés de dar chutão pro mato, como deveriam fazer, resolvem sair tocando, driblando. E é ai que fode tudo.

Portanto, o que deve ser feito:

Roque Jr. – fora, nunca mais entra em campo pela seleção. Já não basta o sufoco que passamos com aquela outra excrescência denomidada Junior Baiano na última Copa.

Edimílson – fora, também nunca mais entra em campo. Sempre foi grosso jogando no São Paulo, continua a mesma merda na seleção.

Lúcio - por absoluta falta de opção, continua jogando, mas com orientação expressa para jogar feio, senão, fora (improvisamos o Gilberto Silva).

Anderson Polga - ainda não jogou, quem sabe não comprometa, quem sabe....

E, claro, o Felipão tem que acabar com essa debilidade de jogar em 3-5-2. Desde quando o Brasil joga com 3-5-2?

Quase 99% dos times brasileiros atuam no 4-4-2 e suas variações (4-3-3, 4-5-1, 4-3-1-2 etc), então porque a mula do Felipão quer jogar com 3-5-2?

Porra, os caras, desde pequenos, estão acostumados a jogar com 2 zagueiros e 2 laterais (e não “alas”) na defesa, então porque inventar? É ridículo. É a mesma coisa que alguém que sempre falou português resolver, de uma hora para outra, falar russo. Por mais que treine, é claro que vai ter dificuldades.

Assim, vamos parar de burrice, e voltar ao bom e velho 4-4-2.

2 - Marcos, o goleiro, treme. Estava muito nervoso, parecia que ia ter um piripaque. Bateu roupa, escolheu erroneamente um canto no lance do gol, quando deveria ficar parado fechando o ângulo, e repôs mal a bola. Ou seja, ficou evidente que ele não tem nível para defender em uma copa do mundo. Aliás, já estava provado que ele treme em momentos decisivos. Se falhou na bosta da Toyota Cup, porque não falharia em uma copa do mundo?

Para seu lugar, sem dúvida o Dida, que é melhor, mais frio, mais experiente e defende melhor pênaltis. Até o Rogério Ceni seria preferível ao Marcos. Entretanto, como ele é descontrolado e tem mania de querer bater em juiz, é muito arriscado para uma copa do mundo.

3 – Ronaldinho Gaúcho, a grande esperança nacional, o cara que ia estourar, tremeu. Sim, tremeu, ficou com medinha, não agüentou a responsabilidade e não jogou nada contra a Turquia. Ok, estréia em copa do mundo não é fácil, mas o cara tremeu. Portanto, vamos torcer para que ele deixe o medo de lado e passe a jogar a bola que sabe.

4 – Ronaldo, por sua vez, jogou bem. Partiu pra cima com bola dominada, fez um golaço etc. Boa notícia. Quem sabe, esta vez, ele vai bem e não treme na hora decisiva, como costuma fazer. Agora tem mais experiência e menos responsabilidade, portanto, boas chances.

5 - Denílson é habilidoso, driblador, inferniza a zaga e etc, mas faz muita fumaça. Incrível como suas jogadas, embora plásticas e velozes, raramente levam perigo real para o gol adversário. Assim, em se tratando de um jogador rápido e veloz, que parte para cima com a bola dominada e inferniza a zaga, prefiro o Edílson, que bate melhor no gol e serve melhor. O Denílson até dribla melhor, mas, como dise, faz muita fumaça e pouco fogo. Portanto, como opção para o segundo tempo, sou mais o filho do Edil do que o filho do Denil.

6 – Rivaldo é uma besta. Ok, joga pra caralho (apesar de prender demais a bola e ser excessivamente individualista), fez uma boa partida, foi importante e tal, mas é muito burro. Aquele teatrão (digno de Oscar de Melhor Ator, diga-se de passagem) foi uma das coisas mais cretinas que já vi no futebol. O cara é muito burro. Será que ele não atinou que haveria alguma câmera para filmar seu fingimento? Tipo, vamos supor que você leve uma bolada na barriga. Mesmo que não doa nada, você pode botar a mão na barriga, fazer um dramalhão e tal, afinal, nunca dá para saber, ao certo, o quanto alguém está sentindo de dor. Agora, levar uma bolada na canela (protegida por caneleira, por sinal) e levar a mão ao rosto? É muito burro mesmo. Por mim, deveria ser suspenso por dois jogos: um pela simulação, e outro pela burrice. Como a FIFA é complacente, o Brasil é politicamente forte e a Turquia é um país sem influência, tomou só uma multa cujo valor, para ele, beira o irrisório.

7 – Felipão, de fato é muuuuuuuito rabudo. Vai nascer com sorte assim no inferno. Como já disse, o cara é o típico incompetnete que sabe mais ou menos do que está fazendo, e, ainda assim, costuma se dar bem.

Atuando no Brasil, por exemplo, ganhou vários títulos por pura sorte no Grêmio e, principalmente, no Palmeiras. Foi parar na seleção por sorte, pois o Luxemba, que todo mundo achou que fosse estourar, entrou pelo cano (merecidamente, por sinal).

Então chega lá o Felipão, convoca jogadores desqualificados, arma times meias bocas, perde a Copa América para Honduras, classifica a seleção contra a Venezuela no sufoco. Para completar, tem o enrome rabo de o Brasil ser sorteado para jogar a primeira fase num dos grupos mais fáceis da história, senão o mais fácil. Se fosse o grupo da Argentina, por exemplo, já era.

No primeiro jogo, armou a defesa mal e tomou um gol numa falha grotesca de marcação. Depois, conseguiu virar a partida em dois lances: num gol que dependeu mais do talento individual do que de esquema de jogo, e em outro que só o fez ganhar a partida única e exclusivamente pelo fato de um juiz coreano, ruim de doer, resolver vestir a camisa amarelinha e roubar em favor do Brasil.

Não fosse isso o suficiente,o tal do Felipão é tão rabudo, mas tão rabudo, que convocou pessimamente a seleção, esquecendo de convocar um meia armador, posição importantíssima. Todos os seus meias convocados eram ou volantes defensivos (Gilberto Silva, Emerson, Vampeta e Kleberson), ou meia atacantes bons no ataque mas deficientes na armação e na marcação (Juninho, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho e Kaká).

Então, do nada, um de seus convocados, um grosso volante brucutu, resolve ir brincar de goleiro e, pasmem, se machuca numa jogada boba. Ou seja, quando todos achavam que o grupo estava fechado, que não tinha mais jeito, eis que cai do céu a oportunidade de convocar o Ricardinho, um craque, grande meia armador, a solução que faltava para o meio campo da equipe.

Portanto, em linhas gerias: a zaga é uma merda, o meio de campo agora pode ter solução, o ataque é bom, embora pouco objetivo, o Brasil só ganhou porque o juiz roubou, os jogos até as quartas-de-final serão facílimos e o Brasil pode vencer porque o tal Felipão, embora incompetente, é muuuuuuuito sortudo.

E o time titular deve ser:

1 - Dida
2 - Cafu
3 - Anderson Polga
4 - Lúcio
5 - Gilberto Silva
6 - Roberto Carlos
7 - Vampeta
8 - Ricardinho
9 - Ronaldo
10 - Rivaldo
11- Ronaldinho Gaúcho

De qualquer maneira, vamos torcer não para o Brasil, mas sim para o rabo do Felipão, mais uma vez, entrar em ação.


eis o descrente:

metalinguagem
desenbuche
ICQ 12729738

arquivos:
clique aqui
ratifico:
Fabula Web
Martini Diaries
Netuske
Milharal
Celacanto
Palatur
Fun Page do Nishi
Just Lament Official
HP
Morfina
Catarro Verde
Mundo Perfeito
Bolsa Amarela
estatísticas:

This page is powered by Blogger. Isn't yours?